viernes

Dedicado a todos aquellos que amaron, ama y amarán

Unos direis que soy una romantica, otros direis que soy una cómica...y puede que así sea, pero cada uno es como és... Hoy me he enamorado de una canción, sí, ¿Quién no se enamora de una canción algún dia que otro? Es de esas canciones que te llegan tan tan al fondo, de esas canciones que te quedan inmovil mientras las escuchas...que canción!!!

Quiero dedicarsela a todos aquellos que alguna vez finjieron no querer, cuando amaban intensamente. A todos aquellos que cuanto más quisieron alejarse de una persona, más se acercaban a ella. A todos aquellos que guardaron los recuerdos en lugares seguros, aquellos que buscaron no revivir un pasado, sino crear un futuro, y a todos aquellos que cuando procuraban una salida, acababan entrando en su vida....


Eu e você
Não é assim tao complicado
Não é dificil perceber...

Quem de nós dois
Vai dizer que é impossivel
O amor acontecer...

Se eu disser
Que já nem sinto nada
Que a estrada sem você
É mais segura
Eu sei voce vai rir da minha cara
Eu ja conheço o teu sorriso
Leio teu olhar
Teu sorriso é so disfarce
O que eu ja nem preciso...

Sinto dizer que amo mesmo
Ta ruim prá disfarçar
Entre nos dois
Nao cabe mais nenhum segre
Além do que já combinamos

Nao vao das coisas que a gente disse
Nao cabe mais sermos somente amigos
E quando eu falo que eu ja nem quero
A frase fica pelo avesso
Meio na contra mao
E quando finjo que esqueço
Eu nao esqueci nada...

E cada vez que eu fujo, eu me aproximo mais
E te perder de vista assim é ruim demais
E é por isso que atravesso o teu futuro
E faço das lembranás um lugar seguro...
Nao é que eu queira reviver nehum passado
Nem revirar um sentimto revirado
Mas toda vez que eu procuro uma saida
Acabo entrando sem querer na tua vida

Eu procurei qualquer desculpa pra nao te encarar
pra nao dizer de novo e sempre mesma coisa
falar so por falar
que eu ja nao to nem ai pra essa conversa
que a historia de nos dois nao me interessa...
se eu tenho esconder meias verdades
voce conhece o meu sorriso
leo meu olhar
meu sonrriso é so disfarce
o que eu ja nem preciso...

Nombre: Quem de nós dois
Autor: Ana Carolina

1 comentario: